Postagens

SECAGEM DO CAFÉ

Imagem
Breno Ribeiro Caçador
Trabalho apresentado a disciplina de Colheita e pós Colheita do Café, no Curso de Tecnologia em Cafeicultura, (IFES) Campus de Alegre -ES, como requisito avaliativo. Professor: Maurício Novaes Souza.
INTRODUÇÃO No Brasil, segundo os aspectos tecnológicos envolvidos, utilizam-se basicamente dois métodos para secagem de café: - O primeiro é a secagem em terreiros: esparrama-se o produto em pisos, que podem ser de cimento, de tijolo, de chão batido ou de asfalto; - O segundo, secagem em secadores: força-se o ar aquecido a passar através da massa de grãos. A secagem em terreiros, por ser de menor custo, é largamente utilizada pelas propriedades produtoras de café; no entanto, há algumas desvantagens atribuídas ao longo período de tempo que o produto permanece secando. Por isso, pesquisas vêm sendo desenvolvidas para que esse método seja técnico e economicamente viável. A partir daí, foi desenvolvido um método que visa melhorar a eficiência de secagem em terreiros, bem como…

FUNGOS TOXIGÊNICOS E MICOTOXINAS EM CAFÉ

Amanda Pacheco Sturião
Trabalho acadêmico  presentado à disciplina de Colheita e Pós-colheita do café do curso superior de Tecnologia em Cafeicultura do Instituto Federal do Espírito Santo – IFES como requisito para conhecimentos da referida disciplina. Professor: Maurício Novaes Souza.
RESUMO Diversos fatores podem interferir na qualidade do café, especialmente aqueles relacionados às etapas pós-colheita de processamento e secagem. Algumas espécies de fungos podem se associar a grãos de café durante a pós-colheita, podendo ocasionar alterações indesejáveis. Os fungos filamentosos se encontram associados aos frutos e grãos de café (Coffea arabica L.) durante todo o ciclo produtivo e podem, sob condições específicas, causar perdas de qualidade e em alguns casos produzir micotoxinas, que comprometem a segurança do produto final. As espécies de fungos encontradas em cafés brasileiros pertencem principalmente aos gêneros Aspergillus e Penicillium, estas são associadas à produção de micotoxin…

A crise ambiental contemporânea

Imagem
Por Marcos Costa Lima  Grandes alterações na estrutura e função dos sistemas naturais da Terra representam uma ameaça crescente para a saúde humana e para a vida em geral em nosso planeta. Através de uma insustentável exploração de recursos naturais e humanos a civilização floresceu, mas agora corre o risco substancial, pelos efeitos da degradação, de não garantir o apoio da natureza à vida, no médio e longo prazo. Os efeitos nocivos para a saúde humana por conta das mudanças no ambiente são muitos e graves:  as mudanças climáticas; a acidificação dos oceanos; a degradação dos solos; a escassez de água; a sobre-exploração da pesca e a perda de biodiversidade; o acúmulo de lixo tóxico inclusive resíduos nucleares; a redução das florestas e a poluição dos rios; as secas mais longas em várias partes do mundo. Tudo isso representa um sério desafio para a humanidade. Segundo especialistas, estas tendências, que são de grande impacto, têm ocorrido, sobretudo, pelo paradigma estabelecido no …

Desenvolvimento de mudas de quiabeiro sobre influência de diferentes tipos de substratos

Richardson Sales Rocha, Sandy Queiroz Espinoso, Ismael Lourenço de Jesus Freitas, Mauricio Novaes Souza, Wallace Luiz de Lima IFES - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo-Campus de Alegre. Alegre-ES CEP.; 29500-000, richardson_sales@hotmail.com Resumo O tipo de substrato é fundamental para que haja mudas de boa qualidade. De acordo com Spurr & Barnes (1982), exerce uma influência marcante na arquitetura do sistema radicular e no estado nutricional das plantas, afetando profundamente a qualidade das mudas (Carneiro, 1983).Deste modo, o objetivo desse trabalho é analisar o desenvolvimento do quiabeiro, sob a influência de diferentes substratos agroecológicos. Foram analisados os seguintes parâmetros: Diâmetro de copa (DC), número de folhas (NF), comprimento da parte aérea (CPA), peso da matéria fresca da parte área (PMFA), peso da matéria seca da parte aérea (PMSA), comprimento da parte radicular (CPR), peso da matéria fresca do sistema radicular (PMFR) …

Produção de mudas de couve-flor em substrato de composto orgânico (CO) enriquecido com pó de rocha (PR)

Sandy Queiroz Espinoso1, Richardson Sales Rocha1, Ismael Lourenço de Jesus Freitas2, Maurício Novaes Souza1, Wallace Luiz de Lima1 1 IFES - Instituto Federal do Espírito Santo – Campus de Alegre / Curso Superior de Tecnologia em Cafeicultura - Rod Br 482, Km 47, s/n - Rive, Alegre - ES, 29520-000 – E-mail: sandyespinoso@gmail.com CEUNES – Centro Universitário Norte do Espírito Santo – São Mateus / Pós-doutorado em Produção Vegetal – BR – 101, São Mateus, ES. Resumo A agricultura orgânica oferece alimentos saudáveis, preocupa-se com a conservação do ambiente e contribui para a sustentabilidade ambiental. O experimento foi conduzido no setor de Agroecologia do IFES Campus Alegre, ES, tendo os seguintes tratamentos: T1-5% PR + 95% CO; T2-10% PR + 90% CO; T3-15% PR + 85% CO; T4-25% PR + 75% CO; T5-35% PR + 65% CO; T6-50% PR + 50% CO; T7-75% PR + 25% CO; T8-100% PR; T0-100% CO; Tx-100% substrato comercial. Após 28 dias da semeadura foram avaliados: diâmetro do caule (DC), número de folhas (NF)…