Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2009

A degradação ambiental e os limites do crescimento

Por Maurício Novaes Souza1 e Jozilene das Mercês Mota Ferreira2

No dia 22 de março se comemorou o “Dia Mundial da Água”. Como se pergunta a todo ano, existe motivo real para comemoração? Ou teríamos pretextos suficientes para promover um dia de luto? Na verdade, o modelo de desenvolvimento atual e como ele afeta as populações foi um dos temas discutidos no recente Fórum Social, em Belém. Nesse encontro se estabeleceram metas para a elaboração de um novo modelo de desenvolvimento e crescimento econômico. Contudo, o seu sucesso dependerá da participação e esforço de cada um dos habitantes de nosso planeta, posto que as atitudes individuais que trarão soluções sustentáveis para os problemas relativos às questões sociais e ambientais.
Tal análise se justifica pelo fato de que o meio ambiente está passando por uma crise sem precedentes. Em grande parte, o principal responsável é o modelo de desenvolvimento adotado pela maioria dos países, que tem os EUA como seu maior…

A crise da água no século XXI: enchentes, seca e poluição

Por Maurício Novaes Souza*

No dia 22 comemora-se o dia mundial da água. Como se pergunta a todo ano, existe motivo para comemoração? Ou teríamos pretextos suficientes para promover um dia de luto? Para responder a essa pergunta se tome como exemplo a bacia do rio São Francisco, onde praticamente todas as cidades em sua extensão não possuem saneamento básico: o esgoto doméstico e industrial in natura é lançado diretamente no rio, além dos dejetos industriais e agroindustriais. Assim, o estado de degradação em que os rios brasileiros se encontram representa a real situação de como se vêm efetivamente administrando os recursos naturais.
Como consequência, a cada ano se têm verificado variações significativas na quantidade e na qualidade da água nos rios das principais bacias hidrográficas brasileiras. Como conseqüência, em vários Estados e regiões do Brasil aconteceram ao final de 2008 e nesse início de 2009 os maiores desastres ambientais que atingiram a sociedade brasileira. As notícias …

Escassez e qualidade da água: reflexões sobre saúde e políticas públicas

* Por Maurício Novaes Souza

No dia 22 de março foi comemorado o dia mundial da água. Como se pergunta a todo ano, existe motivo para comemoração? Também, no mês de março, aconteceu em Istambul, na Turquia, o V Fórum Mundial da Água, com a pretensão de apresentar respostas para escassez do recurso provocada pelo crescimento da população, o desperdício, o consumo extravagante e o aumento da necessidade de energia. Tal encontro acontece a cada três anos e nesta ocasião reuniu um número de participantes jamais vistos - 28.000 pessoas de mais de 180 países.
O Fórum analisou os problemas da escassez de água, o risco de conflito por enfrentamentos entre países por rios e lagos e a melhor maneira de proporcionar água limpa a milhões de pessoas. Segundo o presidente do Conselho Mundial da Água, o francês Loïc Fauchon, o comportamento humano com relação ao uso deste recurso é cada vez mais irrefletido e inconsequente, e aumentar indefinidamente a oferta de água, além de…